Tuesday, October 06, 2009

Jars of Clay em Cincinnati, OH - 25 de Julho de 2009

::

Visto que ja faz muito tempo, resolvi escrever um review rapido sobre o show do Jars of Clay em Cincinnati, OH, no dia 25 de Julho de 2009.

Sai de St Louis bem cedo, pois queria chegar tranquilo a cidade. Desta vez, eu nao fui sozinho, estava acompanhado pelo Dallas.

A viagem foi tranquila, mas eu nao sabia que Ohio estava 1h a frente no relogio, logo o que eu pensei ser cedo, ja era tarde e a gente nao sabia chegar ao local do show, tivemos que usar GPS. Depois de muitas voltas, estacionei aflito, pois ja era 6:00h e eu tinha que estar la dentro, para o M&G com a banda. Ao chegar na parte de tras do local, vi o Dan se aproximar da entrada e corri em sua direcao, gritando que eu estava atrasado e queria entrar com ele para o M&G. Ele me cumprimentou, sorriu e disse que eu poderia entrar pela frente ainda, pois tinha que me reportar ao rapaz que confirmava os passes vip. Dei a volta e la estavamos nos, indo para a sala VIP ^^.

Eramos 5 pessoas, Dallas e eu, um rapaz com sua namorada e um outro rapaz sozinho. Entramos, eu fui o ultimo da fila e ao me verem, Charlie e Steve gritaram meu nome. Fiquei feliz e me lancei em sua direcao e os abracei. Fizemos os cumprimentos iniciais, passei para o Dan e Matt e os abracei tambem, desta vez, bem sem graca. Nesse momento, outros dois rapazes entraram e todos ja estavam ocupados, cada qual conversando com alguem da banda. Como eu ja estava perto do Matt e do Dan, ficamos conversando por ali mesmo, apresentei o Dallas a eles e conversamos sobre a turne, Brasil, minha estadia por aqui, viagens da banda, baseball, possibilidades de shows em St Louis e perguntei quanto tempo demoraria o M&G e se poderiamos autografar alguns materiais e tirar fotos ^^.



Eu ja tinha tudo preparado para comecar a assinar e o Dan pediu para deixar com o Matt, pois ele tinha que ir correndo ao banheiro, para assoar o nariz (oO). Risos. Matt comecou a assinar e depois o Charlie. Enquanto o Dan nao voltava, aproveitei que o Gabe estava sozinho no sofa e fiquei conversando com ele sobre o Jeremy e sobre a turne do Disappointed by Candy. Ele assinou alguns cds tambem e enquanto isso, os outros fans ja estavam tirando fotos com a banda. Pensei em ficar por ultimo, para aproveitar ao maximo. Dallas ja havia saido tambem. Depois que todos sairam, Dan e os demais terminaram de assinar todos os meus materiais e em seguida tiramos fotos juntos. Jake passou pela sala, mas nao ficou por la. Ao terminarmos as fotos, eu disse a eles que tinha uma carta para entregar, que fora escrita pela Jenny, em nome do FC Earthen Vessels. Eles receberam e eu disse que poderiam ler mais tarde. (Leram e agradeceram pelo Twitter) Despedi-me de todos e agradeci. Pedi ao organizador do M&G para ficar na frente do palco e ele atendeu.




O show do Seabird ja estava rolando. A banda faz um som indie, super agradavel, nao foi dificil esperar pelo Jars. No intervalo, conversei com o casal que estava no M&G, que tambem tiveram que vir de longe. Ele era fan ha muitos anos e ela estava aprendendo a gostar por causa dele.

Jars comecou a tocar. O set-list nessa turne foi bem constante. A ordem foi mais ou menos a seguinte:

Intro: The Long Fall

Dan estava em um teclado menor, cada qual em suas posicoes.

1- Weapons

Dan saiu dos teclados e comecou a cantar. Otima faixa para um set live.

2- Work

3- Hero

Antes de ver a banda tocar ao vivo, apenas ouvindo gravacoes, nao me sentia muito atraido pelo Dan fazendo as notas mais altas. Ao vivo e diferente. Ele faz uma performance digna.

4- Flood (New Rain)

Obvio, nesse momento o publico perde a compostura. Volta e meia o Dan tentava animar e tentou deixar claro que ele entende que as pessoas tenham receio de dancaram e pularem, mas que elas tinham total liberdade de fazer isso, contanto que tomassem cuidado, para nao se machucarem. Ele queria que elas se divertissem, afinal pagaram pelo show (oO).

5- Love Is The Protest

Amo. Ao vivo esta e uma faixa que tem que tocar em qualquer show. Vide video do kit, postado no Youtube.

6- Closer

Dan sempre introduz Closer como "uma cancao de amor". Uma das favoritas de todos os tempos e muito bem desempenhada em palco.

7- Safe To Land

Solo de Dan no piano. Nem precisa comentar que provoca rios de lagrimas.

8- Frail

Dan usa a famosa escaleta. Nostalgia dos tempos de Much Afraid.

9- I Need You

Neste momento eu estava do outro lado do palco, para tirar melhores fotos do Matt e do Jake. Aproveitei que estava mais vazio e dancei intensamente (oO).

10- God Will Lift Up Your Head

11- Boys (Lesson One)
Dan explicou o sentido da musica e disse que estavam trabalhando em uma versao mais agitada para as radios, que ate hoje nao foi lancada. A expectativa era de que essa seria o novo single, mas Heaven foi lancada como novo single para as radios.

12- Love Song For A Savior

Outro classico que todos amam e cantam com a banda. Nao tenho mais paciencia com ela.

13- Heaven

Empolgadissima!

14- Dead Man (Carry me)

Momento em que eu nao consigo ficar parado no show. Hit classico do cd Good Monsters, que parece ser bem conhecida pelo publico dos shows.

15- Revolution

Nao considero a melhor escolha para um setlist, The 11th Hour tem faixas bem mais interessantes.

16- Don't Stop

Perfeita! Ponto alto dos shows dessa nova turne.

17- Headphones

Belissima, pena que nao tem a Katie em shows.




:: Encore

- Forgive me

Surpresa para mim eles terem tocado, felizmente consegui gravar, pois amo demais essa faixa. Para ficar perfeito, tinham que ter tocado Scenic Route.

- Two Hands

Apos tanta exposicao nas radios, esta faixa estava nitidamente na cabeca das pessoas.

- All my Tears

Final em que ficam apenas os 4 membros da banda, com um som acustico-folk. Versao estendida da musica, um banho musical, perfeito para encerrar o show.

Em um dado momento elses falaram sobre as outras vezes que tocaram em Cincinnati e como gostam daquela cidade. Falaram tambem sobre o Blood:Water Mission e como se envolver, como usar suas maos, para ajudar as comunidades da Africa.

No todo, foi um show fantastico, um dos melhores da turne Two Hands, segundo comentarios da banda na epoca. Eu queria ter seguido o onibus deles ate o proximo show, em Indiana, mas eu ficaria muito cansado e eu nao estava sozinho.

Passei na loja da banda e comprei camisas, cds e acessorios, mas fiquei com vontade de ir a outro show, portanto ja estava aguardando as datas do Creation Fest (assinem o nosso Abaixo-Assinado), para comprar o meu proximo ingresso (leiam review em breve).
::
::

1 comment:

biancanadais said...

Nhaa gostei! =]
Gostei do repertório, pq msm não conhecendo mtas músicas deles, a maioria das que eu conheço (e adoro) eles tocaram! =] Soh faltou Worlds Apart *-* Deve ter sido maraa!
Bjos